SP-Design

Seja bem-vindo ao SP-Design. Aqui, lhe ajudaremos com o tema de seu Fórum/Blog/site, vocês poderão solicitar e fornecer ajuda a outros usuários sobre o design e estrutura, tanto grafica, tanto em css e templantes.


Regulamento e informações:      
Equipe SP-Design
Regras do fórum
Como entrar na equipe Staff
Seções do fórum:
Pedidos Graficos
Pedidos de Códigos
SP-Design e você
Antes de postar uma dúvida:
Função busca
Perguntas e respostas frequêntes
Tutoriais, dicas e astúcias
Feliz ano novo para você!
Leia a carta de boas festas da equipe SPD.
Área Vip, os códigos mais inovadores
Obtenha os códigos mais inovadores de nosso fórum, atraves de pontos de Cash.
Leia as Regras do SP-Design
Acabou de chegar? Para se "enturmar" rapidamente leia as regras desse fórum.
Tutoriais e Dicas
Veja aqui nossos tutoriais inéditos, e muitos outros tutoriais sobre Design.
Publique no SPublicidade
Publique, peça opinião de pessoas experientes, divulgue o seu trabalho com o SPublicidade
Modifique o visual do seu fórum
Dúvidas sobre códigos HTML, CSS, BBCode e JQuery. Também, poderá tirar dúvidas sobre Templantes.
Faça Pedidos Gráficos para seu fórum
Este é um serviço gratuito para customização e criação de banners, logos, avatares, ícones...
Novo Administrador na comunidade
Pro Administradores adicionam novo administrador na equipe SPD.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

avatar

sou nível 12

em Dom 15 Abr 2012, 2:14 pm

Bom, essa analise me deixou muito triste T--T, Ninja Gaiden desde a época dos jogos impossíveis já era meu orgulho, vocês não sabem a dor com que faço essa analise, mais vamos lá... Mais lembrando, que Ninja Gaiden, é um jogo de ação com elementos de aventura e mais algumas coisas, por isso essa analise vai ser muito mastigada...

Bonitas apresentações
Antes de entrar em qualquer menu, Ninja Gaiden 3 coloca o jogador em uma batalha contra um adversário gigante. Logo nas primeiras cenas, fica claro que a desenvolvedora do game caprichou na criação de Ryu Hayabusa. Nos próximos momentos, vídeos mostram como começou a história — sequências em que é notável o esmero com os personagens principais.
Durante o jogo, alguns outros vídeos mostram a qualidade do game. Falamos aqui das animações entre uma fase e outra, situações em que a história se desenvolve de fato. Independente disso, o ninja aventureiro conta com texturas de alta qualidade, um traje com texturas de alta resolução e movimentos precisos.
Para embalar as batalhas, Ninja Gaiden 3 traz músicas de rock pesado, ideais para a ação frenética. O repertório não é muito grande, mas é notável a mudança no áudio ao longo das fases. Evidentemente, se você tiver que repetir muito uma única parte, vai enjoar da mesma canção.

Nunca foi tão fácil dominar a espada
Qualquer jogador que já tenha experimentado ao menos uma demonstração dos antigos jogos da série Ninja Gaiden sabe que os games ficaram conhecidos por exigir grande habilidade e estabelecer um alto nível de dificuldade para aniquilar os exércitos inimigos.

Agora, imagine que a Team Ninja decidiu deixar o jogo ruim. Pois é, basicamente você precisa apenas pressionar o botão de ataque fraco durante toda a jornada. Ryu Hayabusa realiza um combo de três golpes com a lâmina e aniquila um inimigo em duas ou três sequências.
Quer variar sua tática? Tudo bem, você pode usar o ataque forte para realizar um combo um pouco diferente. Posteriormente, você pode usar arco e flechas para abater os adversários, claro, com mira automática — bem ao estilo Tomb Raider.


Em um primeiro instante, essa facilidade aliada aos rios de sangue espalhados pelo cenário parecem divertidos. Contudo, depois que você percebe que o ninja não ganha novas habilidades, fica claro que você terá de ser um mestre na arte da paciência para tolerar as mesmas repetições de golpes pelas demais horas de jogo.
Uma aventura sem graça e de baixa qualidade
Um jogo que conta com a palavra “ninja” no título dá a impressão de que você vai vivenciar toda a história enfrentando outros ninjas, samurais ou criaturas do Japão. Na verdade, a realidade é um pouco diferente em Ninja Gaiden 3. Aqui, você começa sua aventura em Londres, passa por um deserto, procede para uma floresta e assim sucessivamente.
Ryu Hayabusa não é transportado para tais locais sem uma explicação, mas a história é tão simples que qualquer um fica entediado com o roteiro sem graça. Para acompanhar esse problema, ambientes de baixa qualidade são utilizados. As fases têm texturas de baixa resolução, contam com poucos objetos interativos e não combinam com o estilo sombrio da série.

Os adversários ajudam a piorar o jogo. Inimigos sempre iguais, mal feitos e com uma inteligência artificial nada inteligente — aliás, o modo difícil também é fácil. Chefes de fase também não são bichos de sete cabeças, sendo bem simples de derrotá-los. A Team Ninja prometeu muito que um modo online deixaria o game mais amplo. Todavia, o que vemos na prática é apenas um adicional sem propósito e cansativo.
Somente um ninja consegue usar o Move
Ao inserir o disco de Ninja Gaiden 3 no PlayStation 3, a primeira mensagem que vemos diz respeito ao uso do acessório PlayStation Move. Esse recurso é algo que desperta curiosidade em qualquer jogador, afinal, poucos títulos de ação dão suporte para o periférico.

Agora, se você pensa que é fácil brincar de ninja usando o Move, você está muito enganado. Primeiramente é necessário descobrir como conectar o dispositivo, pois não há quaisquer instruções e o jogo não detecta automaticamente o acessório.
Em minhas tentativas, levai quase meia hora para compreender como realizar a configuração. E para falar a verdade, tive uma pequena ajuda do nosso amigo Google. Para efeito de curiosidade: caso você queira usar o acessório, será necessário configurar o game para o modo Hero e então realizar a troca de controles dentro do jogo.


Enfim, depois de ativar o Move, tivemos o desprazer de testar um dos piores jogos configurados para o acessório. Basicamente, realizando movimentos para direita ou esquerda, você verá a mesma ação que acontece quando o botão de ataque fraco é pressionado. Movendo o periférico na vertical, o ataque forte é ativado. Pronto, essa é a “incrível” experiência oferecida por Ninja Gaiden 3. Simplesmente vergonhoso!
Vale a pena?

Ninja Gaiden 3 é o tipo do jogo que impressiona por aproximadamente cinco minutos e depois perde todo seu charme com repetições, gráficos precários e erros diversificados. Ao contrário dos antecessores, o terceiro título da série manchou o nome da franquia. O treino do ninja acabou ficando muito superficial e o resultado decepcionou profundamente.
Para fãs incondicionais, talvez valha a pena adquirir o novo capítulo da história de Ryu Hayabusa. Agora, se você gostou muito dos primeiros games e não deseja se decepcionar, talvez seja válido alugar o game, pois assim você não sentirá a espada perfurando sua carteira e seu coração.

Se gostou da analise da um 1+ ai ^^

avatar

Usuário experiente

em Dom 15 Abr 2012, 5:08 pm

bom...

avatar

sou nível 12

em Dom 15 Abr 2012, 5:18 pm

Se gostou da analise da um 1+ ai ^^


Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se



Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

 

Atualizado com e-referrer
Publicidade | SEJA NOSSO PARCEIRO
Naruto Rpg FutureLes power infoMaster ExpShiftactifThe forum of Codes

2012 © SP-Design - Ajuda na criação de códigos e na aparência de seu Fórum™ - Design de Cyllaz - Todos os direitos reservados ®